ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PAULA FRASSINETTI
  • Candidaturas – prazos Candidaturas – prazos
  • Lançamento Saber & Educar 22 Lançamento Saber & Educar 22

Centro de Investigação (CIPAF)

Linha de Investigação

Direitos Humanos e Intervenção Socioeducativa

Autonomização de vida de jovens institucionalizados: direito de participação, modelos de intervenção

O projeto tem como objetivo principal compreender a construção dos processos de autonomia de jovens em risco, a partir das suas próprias perspetivas e das equipas multidisciplinares, mobilizando os direitos humanos como âncora teórico-prática fundamental de análise

Duração fev. 2016–fev. 2018 (24 meses);

Investigador responsável (IR) Gabriela Trevisan

Equipa de investigação Florbela Samagaio; José Luís Gonçalves; Júlio Sousa

Perspetivas sobre a inclusão digital: a participação dos seniores nas redes sociais

Pretende-se com este projeto traçar perfis de utilizadores de redes sociais seniores (+65 anos); fazer uma análise da utilização das redes sociais pelos seniores, descrevendo e sistematizando os conteúdos publicados; relacionar a utilização das redes sociais com as necessidades de socialização e de interação pelos seniores e sensibilizar a população idosa para a participação significativa e segura nas redes sociais

Duração mar. 2017–mar. 2020 (36 meses);

Investigador responsável (IR) Ana Pinheiro

Equipa de investigação Paula Medeiros

Trajetórias socioprofissionais e identidades sociais e formativas

Com o título Trajetórias Socioprofissionais dos diplomados em Educação Social, a primeira fase teve como objetivos; conhecer as condições de acesso ao emprego dos diplomados em Educação Social pela ESEPF; responder às necessidades do Regime Jurídico do Ensino Superior (Lei 62/2007); identificar formas de mobilidade social e profissional dos diplomados em Educação Social pela ESEPF; conhecer as funções/categorias profissionais dos diplomados em Educação Social pela ESEPF, no mercado de trabalho;avaliar as taxas de empregabilidade do curso de Educação Social da ESEPF; conhecer os segmentos do mercado de trabalho onde se inserem os diplomados em Educação Social pela ESEPF; conhecer a função específica do educador social em contexto de trabalho, no âmbito social, recolhendo informação junto dos empregadores.

Duração 1ª fase: 2010-2013;

Equipa de investigação 1ª fase: Ana Maria Serapicos; Florbela Samagaio; Gabriela Trevisan

A 2º fase do projeto tem como finalidade construir um perfil profissional do Educador Social que seja específico no domínio do trabalho social, para isso recorrendo a uma metodologia mista de investigação aplicada junto de profissionais de Educação Social e de entidades empregadoras. Pretende conhecer as trajetórias socioprofissionais dos educadores sociais reconhecendo os vários campos da sua atuação e mapear as competências adquiridas aferindo da sua correspondência face às necessidades do mercado de trabalho

Duração 2ª fase: 2016–2018;

Investigador responsável (IR) Florbela Samagaio

Equipa de investigação Gabriela Trevisan; Ana Camões; Raquel Fernandes; Daniela Oliveira

 

 

Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti: Rua Gil Vicente, Porto | Tel. +351 225 573 420/5 | facebook | Mapa do site | Eduroam | CV DeGóis DeGóis | © ESEPF.2017