fbpx

Linhas e Projetos de Investigação do CIPAF

Linha 1Linha 2Linha 3

FORMAÇÃO DE PROFESSORES E DESENVOLVIMENTO HUMANO

Esta linha investiga a variedade e a complementaridade das múltiplas dimensões convocadas no processo formativo, estabelecendo hipóteses explicativas entre formação (nas vertentes dos conhecimentos, das finalidades, dos modelos e das práticas) e as trajetórias de desenvolvimento humano e profissional, numa perspetiva promotora de inclusão social e dignidade humana. Integrando domínios como o da Supervisão pedagógica, Currículo e áreas de conhecimento científico, Didáticas específicas e Educação inclusiva e intercultural, os projetos que a suportam pretendem gerar conhecimentos e saber formativamente pertinentes e socialmente úteis, à luz de paradigmas contemporâneos de desenvolvimento humano.

Coordenadora: Daniela Gonçalves

Projetos

Competências Transversais dos Professores de Educação Básica (Educação de Infância, 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico)

O propósito desta investigação é conceber um perfil de competências transversais do profissional de educação, destacando as eventuais diferenças entre os educadores de infância e os professores do 1º ciclo e do 2º ciclo, operacionalizado em indicadores de desempenho e estruturado com base em níveis de proficiência, de forma a que se possa orientar o trabalho formativo nas instituições de ensino superior.

Duração 1ª fase: fev. 2011–fev. 2015; 2º fase: fev. 2016–dez.2018 (38 meses);

Investigador responsável (IR) João Gouveia 

Equipa de investigação Ana Gomes; Ana Luísa Ferreira; Brigite Silva; Clara Craveiro; Marta Martins

Ensinar Bem, Aprender Melhor – Qualidade na Docência e Desenvolvimento Profissional Docente – Terminado

O objetivo principal deste projeto é desenvolver a indução de novas práticas supervisivas na docência, em particular do Ensino Superior, identificando mecanismos facilitadores/constrangedores à implementação de processos de regulação da atividade de ensino entre pares.

Duração fev. 2016–out. 2018 (32 meses);

Investigador responsável (IR) Daniela Gonçalves

Equipa de investigação Cristina Vieira; Isabel Cláudia Araújo; Isilda Monteiro; Margarida Quinta e Costa; Rui Ramalho; Sandra Oliveira; Vítor Ribeiro

INTERVENÇÃO PELA EDUCAÇÃO: PROMOÇÃO DE APRENDIZAGENS E QUALIFICAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES

Esta linha focalizará problemáticas que potenciem e fundamentem novas visões de uma escola virada para a ação e que prepara para o risco, proporcionando desafios ambiciosos nos domínios pedagógico, artístico, filosófico, científico, atlético e social.
Um eixo investigativo que promoverá a identificação, avaliação e monitorização de formas inovadoras de apreender a realidade e de implementar respostas criativas e criadoras em situações e contextos em mudança, decorrentes de situações incertas e/ou imprevistas. 
Constituirá também um referencial investigativo o modus operandi no processo de desenvolvimento de comunidades educativas competentes, fundadoras de uma cidadania mais ativa, participada e informada. Será também enquadrável nesta problematização a aferição da aplicabilidade e da funcionalidade da intervenção educativa alicerçada nos desafios das descobertas das neurociências, potencializadoras da emergência precoce do aluno professor e qualificadoras para novos repertórios de aprendizagens.

Coordenador: Júlio Sousa

Projetos

Investigar e reforçar a qualidade em contextos de Educação de Infância da Rede Diocesana Católica do Niassa (Moçambique)

Duração: fev. 2016–2018
Investigador responsável (IR) – Brigite Silva
Equipa de investigação – Clara Craveiro; Ana Pinheiro; Júlio Sousa; Ana Aires (FEC); Isa Neves (FEC)

Problematizar a metodologia de projeto articulando e avaliando aprendizagens

Duração: fev. 2016–fev. 2019
Investigador responsável (IR) – Paula Pequito
Equipa de investigação – Ivone Neves, Susana Pires

DIREITOS HUMANOS E INTERVENÇÃO SOCIOEDUCATIVA

Esta linha promove projetos de investigação que estabelecem a relação entre os múltiplos fenómenos e desafios da condição humana contemporânea – tendo os direitos humanos como a sua instância crítica – e a intervenção socioeducativa [espaço desenhado entre a área do trabalho social e a área da educação] de índole técnica, relacional e ética levada a efeito para refazer a dignidade humana e os laços sociais.

Coordenadora: Gabriela Trevisan

Projetos

Perspetivas sobre a inclusão digital: a participação dos seniores nas redes sociais

Pretende-se com este projeto traçar perfis de utilizadores de redes sociais seniores (+65 anos); fazer uma análise da utilização das redes sociais pelos seniores, descrevendo e sistematizando os conteúdos publicados; relacionar a utilização das redes sociais com as necessidades de socialização e de interação pelos seniores e sensibilizar a população idosa para a participação significativa e segura nas redes sociais

Duração mar. 2017–mar. 2020 (36 meses);

Investigador responsável (IR) Ana Pinheiro

Equipa de investigação Paula Medeiros

Trajetórias Socioprofissionais dos Educadores Sociais da ESEPF

Com o título Trajetórias Socioprofissionais dos diplomados em Educação Social, a primeira fase teve como objetivos; conhecer as condições de acesso ao emprego dos diplomados em Educação Social pela ESEPF; responder às necessidades do Regime Jurídico do Ensino Superior (Lei 62/2007); identificar formas de mobilidade social e profissional dos diplomados em Educação Social pela ESEPF; conhecer as funções/categorias profissionais dos diplomados em Educação Social pela ESEPF, no mercado de trabalho;avaliar as taxas de empregabilidade do curso de Educação Social da ESEPF; conhecer os segmentos do mercado de trabalho onde se inserem os diplomados em Educação Social pela ESEPF; conhecer a função específica do educador social em contexto de trabalho, no âmbito social, recolhendo informação junto dos empregadores.

Duração 1ª fase: 2010-2013; 

Equipa de investigação 1ª fase: Ana Maria Serapicos; Florbela Samagaio; Gabriela Trevisan

A 2º fase do projeto tem como finalidade construir um perfil profissional do Educador Social que seja específico no domínio do trabalho social, para isso recorrendo a uma metodologia mista de investigação aplicada junto de profissionais de Educação Social e de entidades empregadoras. Pretende conhecer as trajetórias socioprofissionais dos educadores sociais reconhecendo os vários campos da sua atuação e mapear as competências adquiridas aferindo da sua correspondência face às necessidades do mercado de trabalho

Duração 2ª fase: 2016–2018;

Investigador responsável (IR) Florbela Samagaio 

Equipa de investigação Gabriela Trevisan; Ana Camões; Raquel Fernandes; Daniela Oliveira

Autonomização de vida de jovens institucionalizados: direito de participação, modelos de intervenção – Terminado

O projeto tem como objetivo principal compreender a construção dos processos de autonomia de jovens em risco, a partir das suas próprias perspetivas e das equipas multidisciplinares, mobilizando os direitos humanos como âncora teórico-prática fundamental de análise 

Duração fev. 2016–fev. 2018 (24 meses);

Investigador responsável (IR) Gabriela Trevisan

Equipa de investigação Florbela Samagaio; José Luís Gonçalves; Júlio Sousa

Projetos Internacionais de Investigação com financiamento em que o CIPAF é líder ou parceiro

Elisse: e-learning for intercultural skills in social education

In a general context where in Europe the issue of migration and social support for migrants is the subject of considerable tension, this project aims to create a training intended primarily for social work students who will be involved in a multicultural environment after graduation. Based on the results of exploratory work conducted for a year before the launch of the initiative, the ELISSE project will rely on two basic principles of action and particularly innovative for the social training sector:

  1. internship experience made in so-called “southern” in which European students will be paired with students from the host country and students from other countries called “North”;
  2. training modules provided in part remotely through the use of e-learning tools.
    Parceiros Ecole Nationale des travailleurs Sociaux Spécialisés; Cégep Régional de Lanaudière (Canada); IPU – Campus di Scienze Psicopedagogiche e Sociali (Italy); Institut National de Formation Sociale (Ivory Coast); Cégep Marie-Victorin (Canada); Haute École Bruxelles-Brabant (Belgium); Avans Hogeschool (Netherlands); Institut de Travail Social de la Région Auvergne (France); ENTSS (Senegal).
    Duração set. 2017–set. 2019
    Investigador responsável na ESEPF Gabriela Trevisan
    Equipa de Investigação Florbela Samagaio, Miguel Prata, Rui Ramalho
Developing innovative teaching strategies to improve entrepreneurial skills and enhance performance of disadvantaged learners, and facilitate integration in schools – Terminado

2016-1-UK01-KA201-024591
This project will employ the Mantle of the Expert system of teaching and intends to develop innovative teaching strategies to improve entrepreneurial skills and enhance performance of disadvantaged learners and facilitate integration in schools.
Parceiros MAT (UK); Woodrow First School (UK); Turves Green Boys School (UK); Pagev Mesleki ve Teknik Anadolu Lisesi (Turkey); Staatliches Schulamt in der Stadt Augsburg (Germany); ESEPF (Portugal)
Duração
 out. 2016–out. 2018 (24 meses);
Investigador responsável na ESEPF Isabel Cláudia Nogueira
Equipa de Investigação Daniela Gonçalves, Margarida Quinta e Costa, Isilda Monteiro

Enhancing Quality in Early Childhood Education and Care through Participation – EQuaP – Terminado

2014-1-IT02-KA201-00409
The general objective of the project is to contribute to an improved quality of ECEC in Europe through an increased acknowledgement of families and carers as a key component of the system.
Parceiros Sweden Emilia Romagna Network (Italy) (coord.); Liepaja University (Lithuania); University of Crete (Greece); The Municipality of Linköping (Sweden); Colégio do Sardão (Portugal); ESEPF (Portugal); Pedagoski Institut (Slovenia); Vrtec Otona Zupancica Slovenska Bistrica (Slovenia); Comune di Forli (Italy); VBJK (Centre for Innovation in the Early Years) (Belgium); Elmer (Belgium)
Duração 2015-2017 (36 meses);
Investigador responsável no CIPAF Miguel Prata Gomes
Equipa de Investigação Brigite Silva, Ivone Neves

Top