Maiores de 23 anos

Condições

Ter mais de 23 anos;
Não ser titular da habilitação de acesso ao ensino superior;
Ser titular das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a sua frequência do ensino superior, realizadas no âmbito do curso ao qual se candidata;
Não estar abrangido pelo estatuto do estudante internacional regulado pelo Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º 62/2018, de 6 agosto.

Documentos a consultar

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e de Ingresso no Ensino Superior na Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho alterado pelo Decreto-Lei n.º 63/2016 de 13 de setembro – Regula os concursos especiais para acesso e ingresso no ensino superior

Candidaturas 2019/2020

Vagas

Licenciatura em Educação Básica: 5 
Licenciatura em Educação Social: 1

Calendário
 EditarCandidaturasPublicação dos ResultadosMatrículas e Inscrições
1ª FaseEdital06 junho a 19 julho25 julho
(Ver resultados Ed. Básica
26 julho a 02 agosto
2ª FaseEdital25 julho a 06 setembro12 setembro13 a 19 setembro
Instrução do Processo de Candidatura

O processo de candidatura é instruído, presencialmente nos SGA da ESEPF, com os seguintes documentos:

Boletim de candidatura disponível nos SGA e no sítio da internet da ESEPF, devidamente preenchido;
Documento comprovativo da aprovação na(s) prova(s) especialmente adequada(s) destinada(s) a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos com indicação das provas realizadas, classificação final, ano de realização e curso para o qual realizou a(s) prova(s);
Apresentação do documento de identificação civil (BI, Cartão do Cidadão, Passaporte, Título de Residência); 
Procuração, quando for caso disso. 

Da candidatura é entregue o comprovativo com o registo nominal dos documentos entregues e que instruem o processo, bem como o recibo referente aos emolumentos da taxa de candidatura.

Candidatura realizada nos Serviços Académicos da ESEPF

Antes de efetuar a sua candidatura presencial deve assegurar-se de que as candidaturas se encontram abertas. Deve igualmente verificar quais os documentos a submeter no momento da candidatura. Para efetuar a candidatura deve dirigir-se aos Serviços de Gestão Académica da ESEPF (segunda a sexta: 9h00-18h00; sábado: 09h00-12h00):
Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti | Rua Gil Vicente 138-142 | 4000-255 Porto Portugal

Inscrições para Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Ensino Superior dos Maiores de 23 anos para o ano letivo de 2019-2020

Condições

Podem inscrever-se para a realização das provas os candidatos que reúnam as seguintes condições:

Completem 23 anos até ao dia 31 de dezembro do ano que antecede a realização das provas;
Não sejam titulares de habilitação de acesso ao ensino superior para o curso pretendido, independentemente de terem ou não habilitação académica do curso do ensino secundário ou equivalente;
Não sejam titulares de um curso superior.

 1ª Chamada2ª Chamada
EditalEdital
Inscrições15 março a 12 abril15 abril a 28 junho
Entrevista23 a 26 de abril08 a 12 de julho
Realização da Prova de Língua Portuguesa (PLP)29 abril06 julho
Realização da Prova Específica (PE)02 maio13 julho
Afixação dos resultados da PLP e da PE20 maio18 julho
Publicação dos Resultados05 junho30 julho
Processo de Inscrição

O processo é instruído, presencialmente, com: Boletim de inscrição disponível nos SGA e no sítio da internet da ESEPF devidamente preenchido;Curriculum vitae no modelo europeu; Cópia simples de documentos comprovativos das habilitações e do currículo;apresentação do documento de identificação civil (BI, Cartão do Cidadão, Passaporte);procuração, quando for caso disso.

Critérios de seriação das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Ensino Superior dos maiores de 23 anos
Regulamento das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos


Titulares de Diploma de Especialização Tecnológica

Para titulares de um diploma de Especialização Tecnológica que pretendam candidatar-se à matrícula e inscrição num ciclo de estudos de licenciatura com correspondência identificada para as áreas CNAEF dos CET.

Condições

Ser titular de Especialização Tecnológica
Mais informações: Direção-Geral de Ensino Superior

Regulamentos a Consultar

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e de Ingresso no Ensino Superior na Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti, especialmente o Capítulo IV, artigos 24.º a 28.º.
Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho – Regula os concursos especiais para acesso e ingresso no ensino superior, alterado pelo Decreto-Lei n.º 63/2016 de 13 de setembro

Candidaturas 2019/2020

Vagas

Licenciatura em Educação Básica: 3

Calendário
 EditalCandidaturasRealização da ProvaPublicação dos Resultados da ProvaPublicação dos ResultadosMatrículas e Inscrições
1ª FaseEdital06 junho a 12 julho15 julho - 14.30h19 julho25 julho
(Ver resultados Ed. Básica)
26 julho a 02 agosto
2ª FaseEdital25 julho a 02 setembro05 setembro - 14.30h09 setembro12 setembro13 a 19 setembro
Instrução do Processo de Candidatura

O processo de candidatura é instruído com os seguintes documentos:
Boletim de candidatura disponível nos SGA e no sítio da internet da ESEPF, devidamente preenchido;
Documento comprovativo da titularidade da habilitação com que se candidata (CET) com a classificação final do curso e disciplinas discriminadas com a respetiva classificação de aprovação;
Declaração com a indicação da área CNAEF do CET;
Apresentação do documento de identificação civil (BI, Cartão do Cidadão, Passaporte, Título de Residência);
Procuração, quando for caso disso.

Candidatura realizada nos Serviços Académicos da ESEPF

Antes de efetuar a sua candidatura presencial deve assegurar-se de que as candidaturas se encontram abertas. Deve igualmente verificar quais os documentos a submeter no momento da candidatura. Para efetuar a candidatura deve dirigir-se aos Serviços de Gestão Académica da ESEPF (segunda a sexta: 9h00-18h00; sábado: 09h00-12h00):Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti | Rua Gil Vicente 138-142 | 4000-255 Porto Portugal


Titulares de Diploma de Técnico Superior Profissional

Condições

Ser titular de um Diploma de Técnico Superior Profissional numa das Áreas CNAEF Consulte aqui
Ter aprovação numa prova de ingresso específica que visa avaliar a capacidade para a frequência dos ciclos de estudos
Não estar abrangido pelo estatuto do estudante internacional regulado pelo Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º 62/2018, de 6 agosto.

Documentos a consultar

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e de Ingresso no Ensino Superior na Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti, especialmente o Capítulo IV, artigos 24.º a 28.º
Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho alterado pelo Decreto-Lei n.º 63/2016 de 13 de setembro – Regula os concursos especiais para acesso e ingresso no ensino superior

Candidaturas 2019/2020

Vagas

Licenciatura em Educação Básica: 5
Licenciatura em Educação Social: 1

Calendário
 EditalCandidaturasRealização da ProvaPublicação dos Resultados da ProvaPublicação dos ResultadosMatrículas e Inscrições
1ª FaseEdital06 junho a 12 julho15 julho - 14.30h19 julho25 julho26 julho a 02 agosto
2ª FaseEdital25 julho a 02 setembro05 setembro - 14.30h09 setembro12 setembro13 a 19 setembro
Instrução do Processo de Candidatura

O processo de candidatura é instruído, presencialmente nos SGA da ESEPF, com os seguintes documentos:

Boletim de candidatura disponível nos SGA e no sítio da internet da ESEPF, devidamente preenchido;
Documento comprovativo da titularidade da habilitação com que se candidata (CTeSP) com a classificação final do curso e disciplinas discriminadas com a respetiva classificação de aprovação;
Declaração com a indicação da área CNAEF do CTeSP;
Apresentação do documento de identificação civil (BI, Cartão do Cidadão, Passaporte, Título de Residência);
Procuração, quando for caso disso.

Da candidatura é entregue o comprovativo com o registo nominal dos documentos entregues e que instruem o processo, bem como o recibo referente aos emolumentos da taxa de candidatura.

Candidatura realizada nos Serviços Académicos da ESEPF

Antes de efetuar a sua candidatura presencial deve assegurar-se de que as candidaturas se encontram abertas. Deve igualmente verificar quais os documentos a submeter no momento da candidatura. Para efetuar a candidatura deve dirigir-se aos Serviços de Gestão Académica da ESEPF (segunda a sexta: 9h00-18h00; sábado: 09h00-12h00):Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti | Rua Gil Vicente 138-142 | 4000-255 Porto Portugal


Titulares de Outros Cursos Superiores

Condições

Ser titular do grau de bacharel, licenciado, mestre ou doutor;
Ser titular de cursos superiores estrangeiros que tenham sido objeto de equivalência ou de reconhecimento, respetivamente, a um curso superior ou a um grau superior português;
Ser titular dos extintos cursos do Magistério Primário, de Educadores de Infância e de Enfermagem Geral que comprovem, simultaneamente, a titularidade de um curso do ensino secundário, complementar do ensino secundário ou do 10.º/11.º ano de escolaridade.

Não podem estar abrangidos pelo estatuto do estudante internacional regulado pelo Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º 62/2018, de 6 agosto. Documentos a consultar:

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e de Ingresso no Ensino Superior na Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti, especialmente o Capítulo VI, artigos 34.º e 35.º
Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho alterado pelo Decreto-Lei n.º 63/2016 de 13 de setembro – Regula os concursos especiais para acesso e ingresso no ensino superior

Candidaturas 2019/2020

Vagas

Licenciatura em Educação Básica: 2
Licenciatura em Educação Social: 1

Calendário
 EditalCandidaturasPublicação dos ResultadosMatrículas e Inscrições
1ª FaseEdital06 junho a 19 julho25 de julho

(Ver resultados Ed. Básica)
26 julho a 02 agosto
2ª FaseEdital25 julho a 06 setembro12 setembro13 a 19 setembro
Instrução do Processo de Candidatura

O processo de candidatura é instruído, presencialmente nos SGA da ESEPF, com os seguintes documentos:

Boletim de candidatura disponível nos SGA e no sítio da internet da ESEPF, devidamente preenchido; 
Apresentação do documento de identificação civil (BI, Cartão do Cidadão, Passaporte, Título de Residência; 
Documento(s) comprovativo(s) da titularidade da habilitação com que se candidata, onde conste a classificação final do curso;

No caso de titulares de cursos superiores estrangeiros: 
Documento comprovativo da equivalência a um curso superior nacional ou de reconhecimento e respetivo registo de um curso superior estrangeiro nos termos do Decreto-Lei n.º 341/2007, de 12 de outubro, com a respetiva classificação final; ou 
Declaração do NARIC atestando que o Curso é de nível superior no país de origem. 
Os titulares de Curso Médio, para além dos documentos mencionados nos pontos anteriores, devem apresentar certidão comprovativa de ser titular de um curso de Ensino Secundário (12º ano de escolaridade), de um curso complementar do ensino secundário ou dos 10/11º anos de escolaridade; 
Procuração, quando for caso disso.

Da candidatura é entregue o comprovativo com o registo nominal dos documentos entregues e que instruem o processo, bem como o recibo referente aos emolumentos da taxa de candidatura.

Candidatura realizada nos Serviços Académicos da ESEPF

Antes de efetuar a sua candidatura presencial deve assegurar-se de que as candidaturas se encontram abertas. Deve igualmente verificar quais os documentos a submeter no momento da candidatura. Para efetuar a candidatura deve dirigir-se aos Serviços de Gestão Académica da ESEPF (segunda a sexta: 9h00-18h00; sábado: 09h00-12h00):Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti | Rua Gil Vicente 138-142 | 4000-255 Porto Portugal


Reingresso

Condições

Ter estado matriculado e inscrito na ESEPF no curso a que se candidata ou em curso que o tenha antecedido;
Não ter estado inscrito na ESEPF nesse curso no ano letivo anterior àquele em que pretende reingressar.

Documentos a consultar

Portaria n.º 181-D/2015, de 19 de junho, alterado por Portaria, nº 305/2016, de 6 de dezembro – Regulamento dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior.

Regulamento dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti

Candidaturas 2019/2020

Vagas

O reingresso não está sujeito a limitações quantitativas.

Calendário
 EditalCandidaturasPublicação dos ResultadosMatrículas
Fase únicaEdital06 junho a 22 outubroaté 24 outubro
(Ver resultados Ed. Básica)
até 31 outubro
Instrução do Processo

O processo é instruído, presencialmente nos SGA da ESEPF, com os seguintes documentos:

Requerimento disponível nos SGA, devidamente preenchido; 
Apresentação do documento de identificação civil (BI, Cartão do Cidadão, Passaporte, Título de Residência); 
Procuração, quando for caso disso.

Candidatura realizada nos Serviços Académicos da ESEPF

Antes de efetuar a sua candidatura presencial deve assegurar-se de que as candidaturas se encontram abertas. Deve igualmente verificar quais os documentos a submeter no momento da candidatura. Para efetuar a candidatura deve dirigir-se aos Serviços de Gestão Académica da ESEPF (segunda a sexta: 9h00-18h00; sábado: 09h00-12h00):Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti | Rua Gil Vicente 138-142 | 4000-255 Porto Portugal


Mudança de Par Instituição/Curso

Condições
Cursos de licenciatura:

Ter estado matriculado e inscrito noutro par instituição/curso e não o ter concluído;
Ter realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso fixadas para esse curso, na ESEPF, para esse ano, no âmbito do regime geral de acesso; 
Ter, nesses exames, a classificação mínima (95 – escala de 0 a 200) exigida pela ESEPF, nesse ano, no âmbito do regime geral de acesso.

Outras informações:
Os exames podem ter sido realizados em qualquer ano letivo.
No ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito, não é permitida a mudança de par instituição/curso.

Mestrados de habilitação para a docência:

Ter estado matriculado e inscrito noutro par instituição/curso e não o ter concluído;
Ser titular da Licenciatura em Educação Básica (art.º 18.º do Decreto-Lei nº 79/2014 de 14 de maio)

Outras informações:
É ainda condição geral de admissão aos presentes ciclos de estudos o domínio, oral e escrito, da língua portuguesa e o domínio das regras essenciais da argumentação lógica e crítica, conforme o estipulado no art.º 17.º, ponto 1, do Decreto-Lei nº 79/2014 de 14 de maio, que será aferido através de prova escrita e oral. Para mais informações sobre a realização destas provas, consultar a página da ESEPF ou nos Serviços Académicos
No ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito, não é permitida a mudança de par instituição/curso.

Documentos a consultar

Portaria n.º 181-D/2015, de 19 de junho, alterado por Portaria, nº 305/2016, de 6 de dezembro – Regulamento dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior.

Regulamento dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti

Decreto-Lei nº 79/2014 de 14 de maio – Regime jurídico da habilitação profissional para a docência na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário

Candidaturas 2019/2020

Vagas

Licenciatura em Educação Básica:5
Licenciatura em Educação Social: 1
Mestrado em Educação Pré-Escolar: 6
Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico: 14
Mestrado em Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico e de Português e História e Geografia de Portugal no 2.º Ciclo do Ensino Básico: 6
Mestrado em Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico e de Matemática e Ciências Naturais no 2.º Ciclo do Ensino Básico: 3

Calendário
 EditalCandidaturasPublicação dos ResultadosMatrículas e Inscrições
1ª FaseEdital06 junho a 19 julho26 julho
(Ver resultados Ed. Social)
(Ver resultados Ed. Básica)
29 julho a 02 agosto
2ª FaseEdital25 julho a 06 setembro12 setembro13 a 19 setembro
Instrução do Processo

O processo é instruído com os seguintes documentos: 

Para ciclos de estudos de licenciatura:
  1. Requerimento disponível nos SGA, devidamente preenchido; 
  2. apresentação do documento de identificação civil (BI, Cartão do Cidadão, Passaporte, Título de Residência); 
  3. ficha dos exames nacionais do ensino secundário, emitida pelo Ministério da Educação (Ficha ENES) ou historial da candidatura ao Ensino Superior, emitido pela DGES. Para o obter consulte: http://www.dges.gov.pt/pt/pagina/formularios;
  4. documento(s) comprovativo(s) com a classificação do 12.º ano ou equivalente (ano pré-universitário) e as classificações das provas específicas (ou exames nacionais equivalentes) para os candidatos provenientes do ensino superior estrangeiro;
  5. documento comprovativo de matrícula e inscrição do estabelecimento de ensino superior em que esteve inscrito;
  6. Diploma com todas as unidades curriculares realizadas no Ensino Superior com indicação do número de ECTS;
  7. os titulares de Curso Médio, para além dos documentos mencionados nos pontos anteriores, devem apresentar certidão comprovativa de ser titular de um curso de Ensino Secundário (12º ano de escolaridade), de um curso complementar do ensino secundário ou dos 10/11º anos de escolaridade;
  8. Procuração, quando for caso disso.

Informação:
Os processos de estudantes da ESEPF são instruídos apenas de acordo com as alíneas 1 e 2.
Todos os documentos emitidos por instituições de ensino estrangeiras devem ser validados pela inclusão da Apostilha de Haia ou por certificação consular. Deverão ser apresentados os documentos originais para efeitos de cópia certificada. Os originais deverão estar traduzidos para a língua Portuguesa.

Para ciclos de estudos de mestrado:
  1. Requerimento disponível nos SGA, devidamente preenchido; 
  2. apresentação do documento de identificação civil (BI, Cartão do Cidadão, Passaporte, Título de Residência); 
  3. Diploma da Licenciatura em Educação Básica;
  4. documento comprovativo de obtenção de Apto nas Provas de avaliação do domínio, oral e escrito, da língua portuguesa e o domínio das regras essenciais da argumentação lógica e crítica;
  5. documento comprovativo de matrícula e inscrição do estabelecimento de ensino superior em que esteve inscrito;
  6. Diploma com todas as unidades curriculares realizadas no Ensino Superior com indicação do número de ECTS
  7. Procuração, quando for caso disso.

Informação:
Os processos de estudantes da ESEPF são instruídos apenas de acordo com as alíneas 1 e 2.

Candidatura realizada nos Serviços Académicos da ESEPF

Antes de efetuar a sua candidatura presencial deve assegurar-se de que as candidaturas se encontram abertas. Deve igualmente verificar quais os documentos a submeter no momento da candidatura. Para efetuar a candidatura deve dirigir-se aos Serviços de Gestão Académica da ESEPF (segunda a sexta: 9h00-18h00; sábado: 09h00-12h00):Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti | Rua Gil Vicente 138-142 | 4000-255 Porto Portugal


Top