CandidaturasDescriçãoPlano de EstudosPreçário

Condições de acesso

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos:

  • Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente da ESEPF;
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente da ESEPF. 

Condições de ingresso

  • São admitidos candidatos à matrícula no Mestrado em Intervenção Comunitária titulares de uma licenciatura, ou equivalente legal, nas áreas da Educação/Ciências da Educação e licenciados em Ciências Sociais e Humanas ou cursos afins.
  • Outros candidatos detentores de um currículo académico, científico e profissional relevante para os objetivos do mestrado e que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização do mesmo pelo Conselho Técnico-Científico da ESEPF.

Critérios de seriação

Guia de Candidatura.
Guia de Candidatura recorrente.

Descrição

Informações Gerais 

Este Ciclo de Estudos foi acreditado em 09/03/16 pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.
Relatório de autoavaliação submetido à Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior para a acreditação do Ciclo de Estudos.
Este ciclo de estudos está reconhecido para efeitos de progressão na carreira previstos nos n.os 1 e 2 do artigo 54.º do Estatuto da Carreira Docente (ECD).

Objetivos

No final deste Ciclo de Estudos (CE), os estudantes estarão capacitados para assumir uma postura profissional como orientador/a e supervisor de professores consentânea com as exigências que se colocam ao exercício da profissão: construir e problematizar diferentes referenciais e instrumentos de supervisão pedagógica; adotar e implementar estratégias supervisivas adequadas e eficazes; liderar e gerir equipas de trabalho; avaliar o desempenho docente; gerir ações de formação, desde o diagnóstico de necessidades a avaliação da formação; utilizar novas tecnologias ao serviço do trabalho de supervisão; conceber, gerir e avaliar projetos de investigação-intervenção. 

Normas Regulamentares

Nº de Vagas

25.

Duração

4 semestres | 120 créditos.

Horário

Pós-laboral.

Diretora

Maria Clara de Faria Guedes Vaz Craveiro.

Comissão Executiva

Daniela Gonçalves | João Gouveia.

Plano de Estudos

Aviso nº 6556/2016 – Diário da República, 2ª. Série – Nº 100 – 24 de maio de 2016
Alterado pelo Aviso nº 8610/2017 – Diário da República, 2.ª Série – N.º 147 – 1 de agosto de 2017 

Unidades curricularesÁrea
científica
TipoHoras de trabalhoEctsObservações
TotalContacto
1º Semestre
Supervisão Pedagógica: conceitos e modelosCESemestral17548 (T:20; TP:25; OT:3)7 
Dimensão Pessoal e Interpessoal na SupervisãoCSCSemestral15040 (T:10; TP:27; OT:3)6 
Formação de FormadoresCESemestral15040 (T:12; TP:26; OT:2)6 
Investigação Educacional em Supervisão PedagógicaCESemestral15040 (T:10; TP:30)6 
Perspetivas DidáticasCESemestral12532 (TP:12; S:20)5 
2º Semestre
Avaliação em Supervisão PedagógicaCESemestral20056 (T:10; TP:44; OT:2)8 
Supervisão Pedagógica: metodologias e práticasCESemestral17548 (TP:43; OT:5)7 
Educação EmocionalCESemestral12532 (T:13; TP:14; OT:5)5Opção a)
Modelos de Ensino e Teorias de AprendizagemCESemestral12532 (T:10; TP:22)5Opção a)
TIC em Contexto EducativoCESemestral12532 (TP:24; OT:8)5Opção a)
Trabalho de Projeto - conceçãoCESemestral25062(OT:10; TP:22; S:30)10 
 
3 e 4º Semestres
Trabalho de ProjetoCEAnual1500160 (S:30; OT:130)60 

a) De entre as unidades curriculares optativas das CE, o estudante deve, obrigatoriamente, realizar uma unidade curricular com 5 créditos.

Consulte aqui o preçário completo.

Top