Departamento de Formação em Educação Especial e Psicologia

Mestrado em Ciências da Educação, Área de especialização em educação especial
3° Semestre Pedagogia Intercultural e Cidadania
Objetivos de aprendizagem
1. Analisar, problematizar e defender a indubitável realidade multicultural que é o mundo onde absolutamente tem de viver. 2. Entender e apontar para a necessidade de um enfoque crítico-reflexivo sobre este universo caracterizado pela diversidade cultural. 3. Adquirir a capacidade para assumir, apresentar e defender uma verdadeira atitude intercultural; advogando assim a necessidade de uma educação para a diversidade e para os Direitos Humanos entendida como desenvolvimento das sociedades.

Conteúdos programáticos
1. Introdução: conceito de cultura 1.1. Diversidade cultural 1.2. Cultura: processo dinâmico e construtivo 1.3. Analítica da atualidade 2. Fenómeno da multiculturalidade: origem, fundamentos e perspetivas 2.1. Fatores histórico-políticos, económicos, sócio-culturais 2.2. Universalidade / pluralidade 3. Pedagogia intercultural: amplitude, conceitos e objetivos 3.1. Políticas, modelos e programas da/na multiculturalidade 3.2. Âmbitos de investigação 3.3. Competências interculturais 3.4. Formação de agentes desde a interculturalidade: mediação intercultural 4. Os Direitos Humanos como fundamento da interculturalidade 5. Educação e Desenvolvimento

Avaliação
-Exposição; Debate; Análises de documentos; Trabalho individual; Simulação; Trabalho em grupo; Casos Práticos. Serão utilizadas metodologias activas na construção do conhecimento realizada pelo estudante, funcionando o professor como facilitador e orientador de conteúdos e estratégias de trabalho/investigação. Realizar-se-á um trabalho de aproximação sobre temáticas concretas do programa (exposição pelo professor e documentação) aliada a uma investigação e discussão por parte do estudante/grupo (debate, trabalho individual, trabalho em grupo e análise de casos práticos). A metodologia caracterizar-se por uma componente fortemente formativa no sentido de proporcionar uma apropriação, discussão e renovação dos conhecimentos a serem adquiridos e interiorizados. -Avaliação: Participação em atividades letivas/investigação (ensaios, fora, trabalho autónomo) (20%), Trabalho individual (80%)

Bibliografia
Abdallah-Pretceille, M. (2001). La educación intercultural. Barcelona: Idea Books. Aguado, T. (2003). Pedagogía intercultural. Madrid: McGraw-Hill. ISBN: 84-481-3975-5 Cortesão, L. & Stoer, S. (1999). Levantando a pedra. Da pedagogia inter/multicultural às políticas educativas numa época de transnacionalização. Porto: Ed. Afrontamento. ISBN: 972360499X Gomes, M. P. et al. (2013). Violence Prevention and Resilience Promotion in Schools. Report about the international research project Strong - Supportive Tools for open-minded, and non-violent Grassroots work in schools. Freiburg: FEL-Verlag. ISBN 3932650413 Gomes, M. P. et al. (2011). Problématisation de l'interculturalité en partant d'une experiénce problématique. In Revista Itinerários de Filosofia da Educação (Univ. Porto), n10, 2 semestre 2011. Porto: Ed. Afrontamento, pp. 33-51. Sales, A. & García, R. (1997). Programas de educación intercultural. Bilbao: Desclée De Brouwer. ISBN: 8433012584