Departamento de Formação em Educação Especial e Psicologia

Pós-Graduação em Educação Especial
1° Semestre Currículo: Conceitos e Práticas
Objetivos de aprendizagem
Consciencializar a importância dos fatores determinantes de um currículo Identificar e discutir as possibilidades de diferenciação curricular Identificar processos de referenciação Adquirir competências de avaliação das necessidades educativas especiais Adquirir competências básicas sobre construção e desenvolvimento de currículos em populações específicas

Conteúdos programáticos
1. Da escola de massas à escola inclusiva 2- Construção social da diferenciação 3- Do currículo prescrito à construção de projetos curriculares locais 4- Avaliação compreensiva 4.1- Pressupostos concetuais 4.2- Processo de referenciação 4.3- Classificação da funcionalidade - a CIF 4.4- Modelos de avaliação 4.5- Estratégias e instrumentos de avaliação 5- Definição do Programa educativo individual

Avaliação
Aulas expositivas, discussão de casos, trabalhos de grupo, fóruns de discussão. A avaliação envolve a realização de um trabalho prático de caraterização de um aluno/criança com NEE e definição de uma proposta curricular.

Bibliografia
Alcaraz, N. (2015). Aproximación Histórica a la Evaluación Educativa: De la Generación de la Medición a la Generación Ecléctica. Revista Iberoamericana de Evaluación Educativa, 8(1), 11-25. Disponível em www.rinace.net/riee/numeros/vol8-num1/art1.pdf Benard da Costa, A. M. et als (1997). Currículos funcionais. Vol. 1 Sua caracterização. Lisboa: IIE. ISBN 972-8353-13-8 Correia, L. M., Tonini, A. (2012). Avaliar para intervir: um modelo educacional para alunos com necessidades especiais. Revista Educação Especial, v. 25, n 44, p.p. 367-382 Cosme, A, Trindade, R. (2012) A Gestão curricular como um desafio epistemológico: A diferenciação educativa em debate. Interacções, n 22,pp. 62-82. Disponível em www.eses.pt/interaccoes Moreira, A. F., Silva, T. T. (org) (2000). Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez Silva, F. (2010). Entre o processo civilizador e a gestão controlada do currículo: a escola inclusiva "dos deficientes". Currículo sem Fronteiras, v.10, n.2, pp.214-227