Departamento de Formação em Educação Especial e Psicologia

Mestrado em Ciências da Educação, Área de especialização em educação especial
2° Semestre Perturbações Comunicação e Sistemas Aumentativos e Alternativos
Objetivos de aprendizagem
-Desenvolver competências de avaliação que permitam traçar o perfil comunicativo e linguístico, em diferentes domínios e modalidades, de indivíduos com perturbações da comunicação; -Desenvolver habilidades que permitam, de forma sustentada e em equipa, participar na definição e implementação de estratégias destinadas ao desenvolvimento comunicativo e linguístico; -Reconhecer o papel dos Sistemas Aumentativos e Alternativos de Comunicação (SAACs) para o desenvolvimento da linguagem e enquanto garante de uma forma comunicativa funcional; -Desenvolver competências que permitam desempenhar um papel ativo na integração dos diferentes SAACs nos contextos e rotinas de vida dos indivíduos com perturbações da comunicação; -Reconhecer a importância e mobilizar conhecimentos que permitam a construção de ambientes facilitadores e da adequação dos espaços físicos para a promoção do uso de um SAAC.

Conteúdos programáticos
-Modelos desenvolvimentais das competências comunicativa e linguística -Classificação das perturbações da comunicação -Instrumentos e procedimentos de avaliação das competências comunicativa e linguística -Programas de intervenção em linguagem e comunicação centrados no sujeito, na família e na comunidade -Comunicação Aumentativa e Alternativa -Sistemas Aumentativos e Alternativos de Comunicação (com e sem ajuda) e Tecnologias de Apoio à Comunicação (baixa e alta tecnologia) -Processo de seleção e implementação de um SAAC -A família e a comunidade enquanto facilitadores do uso funcional de SAACs -Desenvolvimento da linguagem no âmbito da utilização de SAACS -Adaptação de contextos e atividades pedagógicas

Avaliação
Os momentos de natureza expositiva constituirão pontos de partida para a criação de espaços de análise e reflexão, individualmente ou em grupo, sobre as distintas temáticas apresentadas e sobre as experiências prévias dos estudantes. Serão realizadas, em contexto de sala de aula, análises de gravações de produções linguísticas de crianças com problemas de linguagem e criadas situações de role playing integrando o uso de diferentes SAACs e Tecnologias de Apoio à Comunicação (TACs). Serão ainda apresentados vídeos onde os estudantes poderão observar distintas estratégias de intervenção e interações reais mediadas por SAACs e TACs. A avaliação será baseada num trabalho escrito final, consistindo na análise de um caso real e respetiva fundamentação teórica. Este trabalho poderá ser realizado individualmente ou a pares e terá uma ponderação de 100% na nota final. A elaboração do trabalho terá apoio tutorial.

Bibliografia
Light, J., & McNaughton, D. (2014). Communicative competence for individuals who require augmentative and alternative communication: a new definition for a new era of communication?. Augmentative and Alternative Communication,30(1), 1-18. ISSN 0743-4618. Lima, R.(2009). Fonologia infantil: aquisição, avaliação, intervenção. Coimbra, Almedina. ISBN 9789724037837. McCarthy, J. W., & Dietz, A. (2015). Augmentative and alternative communication: an interactive clinical casebook. Plural Publishing, New York. ISBN-13: 978-1597564496. Mendes, A. P., Afonso, E., Lousada, M., & Andrade, F. (2014). Teste de Linguagem ALPE (TL-ALPE). Aveiro, Edubox. Turnbull, K. L. P., & Justice, L. M. (2011). Language development from theory to practice (2nd Ed). Pearson. ISBN 13- 978-0137073474. Vvon Tetzchner, S., & Martinsen, H. (2003). Introdução à comunicação aumentativa e alternativa. Porto Editora, Porto. ISBN 1-86156-187-3.