Departamento de Formação de Professores

Mestrado em Ciências da Educação, área de especialização em Supervisão Pedagógica
1° Semestre Formação de Formadores
Objetivos de aprendizagem
1. Distinguir profissionalização de profissionalidade docente - Compreender as noções de profissionalização e profissionalidade docente 2. Conhecer as noções de desenvolvimento pessoal, profissional e organizacional 3. Selecionar e aplicar estratégias formativas adequadas aos profissionais de formação que orienta 4. Assegurar intervenções formativas em contexto de trabalho, com vista ao desenvolvimento pessoal, profissional e organizacional - Diagnosticar necessidades de formação - Conceber projetos de natureza formativa - Conceber processos de avaliação de percursos formativos

Conteúdos programáticos
1. Pofissionalização e profissionalidadedocente 2. Desenvolvimento pessoal, profissional e organizacional 3. Modos e estratégias de formação 4. Conceção, implementação e avaliação de projetos formativos - Diagnóstico de necessidades de formação - Planeamento da formação - Avaliação da formação

Avaliação
A formação será eminentemente prática, centrada nas necessidades e expectativas dos estudantes, de forma a que os conceitos e as teorias possam ser mais facilmente apreendidas e transferidas para os respetivos contextos profissionais, na qualidade de supervisores. Assim, e para além de exposições teóricas para apresentação e explicitação dos conceitos a abordar, os formandos serão envolvidos em tarefas práticas e trabalhos em grupo, no âmbito dos quais terão oportunidade de aplicar, na prática, o que aprenderem. Formas de avaliação e respetiva ponderação: Trabalho em grupo: 70% Trabalho individual: 30% Os estudantes elaborarão, em grupo, um trabalho de planificação e intervenção formativa nos seus contextos profissionais e um trabalho individual (onde explicitarão alguns dos conhecimentos teóricos).

Bibliografia
CRAVEIRO, C. (2007). Formação em contexto - um estudo de caso no âmbito da Pedagogia da Infância - Tese de doutoramento. IEC- Universidade do Minho. FORMOSINHO, J. et al (2015). Formação, trabalho e aprendizagem - tradição e inovação nas práticas docentes. Lisboa: Ed. Sílabo GOUVEIA, J.eRODRIGUES, C. (2007). Manual de Boas Práticas - Recursos Didáctico para Formação Intra-Empresas. Braga: Edições Expoente GOUVEIA, J. (2010). SUPERVISÃO E AVALIAÇÃO DA FORMAÇÃO, Metodologias para a avaliação de competências no processo formativo, Tese de Doutoramento, Universidade de Salamanca MARCELO GARCIA, C. (2009). Desenvolvimento Profissional Docente: Passado e Futuro. Sísifo-Revista de Ciências de Educação n8. RODRIGUES, M. A. (2006). Análise de práticas e de necessidades de formação. - Lisboa: Ministério da Educação. Direcção Geral da Inovação e do Desenvolvimento Curricular. SIMÃO, A. et al (2009).Formação de Professores em contextos colaborativos. Sísifo - Revista CE