Departamento de Formação de Professores

Mestrado em Ciências da Educação, área de especialização em Supervisão Pedagógica
1° Semestre Dimensão Pessoal e Interpessoal na Supervisão
Objetivos de aprendizagem
Na dimensão cognitiva (saber): conhecer os vários modelos teórico-práticos de avaliação, desenvolvimento e de capacitação socioemocional de pessoas e equipas nas práticas supervisivas; conhecer as balizas ético-relacionais e os princípios de coaching aplicados à supervisão. Na dimensão instrumental (saber-fazer): saber manusear e aplicar instrumentos de diagnóstico, de avaliação e de desempenho de pessoas e equipas; saber traçar um plano de desenvolvimento de competências socioemocionais de pessoas e equipas; saber aplicar integradamente os princípios de Coaching à supervisão através da condução de uma sessão segundo o modelo GROW. Na dimensão atitudinal (ser/estar): manifestar comportamentos empáticos e descentrados entre pares na relação interpessoal, "em tarefa" e em situação de liderança; evidenciar na comunicação verbal e não-verbal sinais de maturidade socioemocional compatíveis com o perfil das futuras funções de supervisão a desempenhar.

Conteúdos programáticos
1. Dimensão psicológica da supervisão 1.1. Os cursos de formação para supervisores e as boas práticas de supervisão: dimensão psicológica 1.2. A avaliação de desempenho em equipas autogeridas 1.2.1. A autoscopia e a formação supervisionada 1.3. O desenvolvimento de habilidades sociais e o desempenho social (IHS-Del-Prette) 1.4. As capacidades da inteligência emocional e social de uma equipa 1.5. A avaliação da alexitimia e a TAS - 20 (Twenty - item Toronto Alexithymia Scale) 2. Dimensão ética e coaching na supervisão 2.1.Coaching: definição, funções e fases no processo supervisivo 2.2. Competências epistemológicas do supervisor: empatia e descentração 2.3.A relação ética na supervisão - casos dilemáticos. 2.4.Princípios de coaching aplicados à supervisão: o que são e como se elaboram objetivos? O que são e como se detetam e trabalham crenças? O que são e como se motiva a partir de valores? 2.5.O modelo GROW: estruturar e realizar uma sessão de coaching

Avaliação
As metodologias de ensino favorecerão o confronto da praxis profissional do estudante com os referenciais teóricos da uc; disponibilizar-se-á ao estudante instrumentos de autoscopia e hétero observação de práticas supervisivas em contexto profissional; privilegiar-se-á o recurso à análise crítica de casos-tipo provenientes de boas práticas internacionais de supervisão nas organizações; exercitar-se-á, em dinâmica de role-play, simulações de supervisão baseadas nos princípios e técnicas de coaching com feedback individual do desempenho do estudante. A avaliação de aprendizagens é aferida por:a) assiduidade e participação (20%)-consiste no diálogo cooperativo e na comunicação assertiva e empática no grupo; b) trabalho escrito (80%):consiste na realização de um trabalho escrito final, elaborada a partir de um caso pessoal acontecido em contexto profissional, mobilizando os 1 (Dimensão psicológica da supervisão) e n 2 (Dimensão ética e coaching na supervisão) dos conteúdos programáticos.

Bibliografia
ALONSO, Susana (2013). Coaching Dialógico. Madrid:Editorial LID. CATALÃO, João Alberto & PENIM, Ana T. (2010). Ferramentas de Coaching. Lisboa: Editora Lidel. BARTOLOMÉ, Gorka (2014). Efecto Sinergia. Coaching en Equipos y Sistemas. Barcelona: Kit-Book. GONÇALVES, D. GONÇALVES, J. L. (2010). LŽexpérience comme problématision dans la supervision éducative. Expérince et Problématision enÉducation. Aspects philosophiques, sociologiques et didactiques. Porto: Afrontamento. HAY, Julie (2007). Reflective Practice and Supervision for Coaches. New York: Open University Press. HUGHES, Márcia, TERREL, James (2009). A inteligência emocional de uma equipa: compreendendo e desenvolvendo os comportamentos de sucesso. Montijo: SmartBook. PÉREZ, Juan Fernando Bou (2009). Coaching para Docentes - Motivar para o sucesso. Porto: Porto Editora. MÓNICA, Simionato (2006). Competências emocionais: o diferencial competitivo no trabalho. Rio de Janeiro: Qualitymark.