Departamento de Formação de Professores

Mestrado em Ensino do 1 Ciclo do Ensino Básico e de Português e História e Geografia de Portugal no 2 Ciclo do Ensino Básico
2° Semestre Prática de Ensino Supervisionada em 1. Ciclo do Ensino Básico II
Objetivos de aprendizagem
Observar, planificar, concretizar e avaliar a intervenção educativa, tendo em conta uma pedagogia diferenciada, gerindo recursos e organizando o ambiente educativo de acordo com os princípios da aprendizagem ativa e participativa; Problematizar a ação educativa; Utilizar técnicas e instrumentos de registo, documentação e avaliação do processo de ensino/aprendizagem com uma sustentada preparação científica e académica; Articular práticas e teorias educativas; Apresentar e debater propostas educacionais promotoras do sucesso escolar; Investigar o contexto e a intervenção educativa.

Conteúdos programáticos
1-Perfil específico do Professor do 1. Ciclo do Ensino Básico; 2- Observação, planificação, concretização e avaliação da intervenção educativa; 3-Reflexão, problematização e investigação da ação educativa; 4- Práticas educativas promotoras de aprendizagens sustentáveis; 5-Conceção, desenvolvimento e analise de experiências e/ou projetos de investigação/formação/ação inerentes à prática educativa

Avaliação
Estágio em co-docência, em par pedagógico, numa turma de 1 CEB. Da observação, conhecimento e identificação da turma,os estudantes intervêm de forma aprofundada, promovendo experiências pedagógicas de aprendizagens ativas, significativas, diversificadas e socializadoras. Nos Seminários, as temáticas ajudam a contextualizar e a consolidar a IE, refletindo quer individualmente, quer em grupo. Na OT, refletem com o supervisor a evolução do seu desempenho e têm apoio do Orientador na elaboração do relatório que acompanha o processo investigativo desde a primeira UC de PES. Alassificação do estágio = (classif. do Supervisor ESEPF x 60 + classif. do Orient. Cooperante X 40) 70% Classificação do Relatório de investigação - 30% - sob a orientação científica de um doutor e/ou especialista, as temáticas específicas decorrerão de questões emanadas da prática pedagógica supervisionada e/ou articuladas com projetos de investigação/áreas de interesse de investigação.

Bibliografia
Alarcão, I.2001.Professor-investigador:Que sentido?Que formação? Campos,B.P. (Org.) Formação profissional de professores no ensino superior.Porto:Porto Editora. Araújo, J. 2011.A Busca da Excelência.Lisboa:Guerra e Paz. Callejo, J. 2001.El grupo de discusión: introducción a una prática de investigación. Barcelona:Editorial Ariel. Flores, M.A. 2014. Profissionalismo e Liderança dos Professores. Santo Tirso:De Facto. Gonçalves, D.,Gonçalves, J. L. 2010. LŽexpérience comme problématision dans la supervision éducative. Fabre, M., Dias de Carvalho, A.,Lhoste, Y. (Orgs). Expérince et Problématision en Éducation.Porto:Afrontamento. Hargreaves, A.2004.O Ensino na sociedade do conhecimento:a educação na era da insegurança, Porto:Porto Editora. Moreira, L.T.2014.Projeto Fénix. Porto:Universidade Católica Portuguesa. Torres, L.L. &Palhares, J. A. (Orgs). 2014.Metodologia de Investigação em Ciências Socias em Educação.VNF:Húmus. Zeichener, K. 2010.La formación del professorado. Madrid:Morata