Departamento de Formação de Professores

Mestrado em Educação Pré-Escolar
3° Semestre Prática de Ensino Supervisionada em Creche
Objetivos de aprendizagem
-Atuar respeitando os ideários e valores da instituição colaborando de forma efetiva na dinâmica institucional -Organizar o ambiente educativo e intervir de acordo com a especificidade do contexto e das crianças -Intervir respeitando os princípios da aprendizagem ativa da criança -Planificar a intervenção de forma integrada e flexível, respondendo às necessidades, interesses e características específicas de cada criança -Utilizar técnicas, instrumentos de observação, registo, documentação e avaliação das atividades, do contexto e dos processos de desenvolvimento e aprendizagem das crianças -Agir tendo em vista a qualidade do ambiente educativo, criando um ambiente de bem-estar e assegurando a continuidade do processo de cuidar e educar -Refletir de forma a adequar e reformular a ação educativa -Utilizar estratégias de intervenção de acordo com as características das famílias -Mobilizar metodologias de investigação no sentido de mudar ou melhorar os contextos e a prática educativa

Conteúdos programáticos
- Normativos legais sobre o contexto de creche - Observação do contexto, das crianças e das dinâmicas educativas - Complementaridade das funções de cuidar e educar - Organização de um ambiente educativo de qualidade - Planificação, concretização e avaliação da intervenção educativa - Desenvolvimento de projetos, experiências e atividades - Envolvimento parental e intervenção na comunidade - Reflexão, problematização e investigação da acão educativa

Avaliação
Estágio em contexto de creche onde o estudante atua em conformidade com a instituição cooperante e as orientações da ESEPF. Nos Seminários serão abordadas temáticas, através da exposição teórica e de discussão sobre situações. Nas OT, sob a orientação do supervisor da ESEPF, são partilhadas experiências, efetuadas reflexões e debates sobre a intervenção. Nas OT com o orientador do relatório de estágio são dadas orientações para a elaboração do mesmo. A classificação inclui: (classif. de estágio x 60 + classif. do relatório X 40) /100 em que: Classificação do estágio = (classif. do Supervisor ESEPF x 60 + classif. do Orient. Cooperante X 40) /100 Relatório de Estágio - sob a orientação científica de um doutor e/ou especialista, dando continuidade ao percurso investigativo iniciado na PES em EPE I e II, com defesa pública nesta PES.

Bibliografia
CRAVEIRO, C. (2010). Escutando educadoras de creche. In Conselho Nacional de Educação (Org.) Educação das Crianças dos 0 aos 3 anos. Atas do seminário (pp. 93-106). Lisboa: CNE DAHLBERG, G., MOSS, P. & PENCE, A. (2007). Qualidade na Educação da Primeira Infância-perspectivas pós-modernas. Porto Alegre: Artmed. GOLSDSCHIMED, E. e JACKSON, S. (2006). Educação de 0 a 3 anos. Madrid:Morata Ed. MALAVASI, L., ZOCCATELLI, B. (2013). Documentar os projetos nos serviços educativos.Lisboa:APEI. NUTBROWN, C. (2011). Key Concepts in Early Childhood Education and Care. UK:Sage. OLIVEIRA-FORMOSINHO, J., ARAÚJO, S. (2013). Educação em creche: Participação e diversidade. Porto:Porto Ed. PORTUGAL, G. (1998). Crianças, Famílias e Creches-Uma abordagem ecológica da adaptação do bebé à creche. Porto:Porto Ed. POST, J. & HOHMANN, M. (2011). Educação de bebés em infantários: Cuidados e primeiras aprendizagens. Lisboa: F Calouste Gulbenkian.