Departamento de Formação de Professores

Licenciatura em Educação Básica (1ciclo)
3° Semestre História Europeia Contemporânea
Objetivos de aprendizagem
- Conhecer os principais momentos que marcam o percurso da Europa entre os séculos XVIII e XXI - Compreender, refletindo sobre o passado recente, as tendências e os desafios da Europa na atualidade - Relacionar a História Contemporânea de Portugal com aspetos contextualizados numa dimensão de tempo e espaço, relativamente à da Europa - Identificar, selecionar e recolher informação (bibliografia, documentos escritos iconográficos e outros), utilizando-a com sentido crítico

Conteúdos programáticos
1- A contemporaneidade europeia - uma perspetiva global 2 - A «Era das Revoluções» 2.1. - A Revolução Industrial 2.2 - As revoluções liberais e as transformações sócio-jurídicas e políticas 3 - As transformações da sociedade europeia no século XIX. 3.1 - O aumento da população e a «transição demográfica». O «êxodo rural» e a emigração europeia 3.2. - A urbanização no período da industrialização: expansão e transformações urbanas; cidade e subúrbios; os progressos do urbanismo 3.3 - As dinâmicas sociais: a ascensão das burguesias e o crescimento do operariado. 4 - O século XX - permanências e rupturas numa Europa em mudança 4.1 - A 1 Guerra Mundial 4.2 - A revolução russa 4.3 - Portugal, a 1 República e a Europa 4.4 - A crise de 1929 e a Grande Depressão 4.5 - O Estado Novo em Portugal e a relação com a Europa 4.6 - A 2 Guerra Mundial 4.7 - A Europa após a 2 Guerra Mundial 4.8 - A Europa depois de 1992 - rutura ou transição?

Avaliação
Centrados na contextualização espácio-temporal da História europeia na época contemporânea, será possível promover uma apropriação de saberes estruturados, críticos e reflexivos, no âmbito dessa temática. As aulas deverão ser interativas, com diversificação de recursos e estratégias que poderão ir da exposição teórica, ao debate e trabalho de grupo, integrando a pesquisa de informação, a análise de fontes históricas e de bibliografia selecionada. Com diferentes índices de ponderação, a avaliação assenta em três momentos distintos, a saber, dois testes escritos (45% + 45%) e um trabalho de investigação individual (10%)

Bibliografia
CARNEIRO, Roberto, 2001. Memória de Portugal, o milénio português. Lisboa: Círculo de Leitores. ISBN 972-42-2594-1 HOBSBAWM, Eric J., 1978. A Era das Revoluções, 1789-1848. Lisboa: Presença. LANDES, David S., 2005 . A riqueza e a pobreza das nações. Por que algumas são tão ricas e outras tão pobres. Lisboa: Gradiva. ISBN 972-662-804-0. RADOS, Milan, 2008. Mundo e Comunicação, uma história política contemporânea, Afrontamento. ISBN: 978-972-36-0943-1 RÉMOND, René.1994. Introdução à História do Nosso Tempo. Do Antigo Regime aos nossos dias. Lisboa: Gradiva.