Departamento de Formação de Professores

Licenciatura em Educação Básica (1ciclo)
2° Semestre Expressão Motora
Objetivos de aprendizagem
Conhecer o processo de desenvolvimento motor da criança; desenvolve aprendizagens no âmbito do currículo de desenvolvimento motor; sabe aplicá-lo com critérios de rigor científico e metodológico. Conceber e desenvolver o respetivo currículo de desenvolvimento, através de planificação, organização e avaliação do mesmo, ao longo de todo o processo ensino - aprendizagem. Selecionar experiências significativas no contexto da Expressão Motora e Educação Físico-Motora que possibilitem realização e interiorização de uma diversidade de atividades motoras adequadas às crianças em diferentes escalões etários. Adquirir conhecimentos relacionados com a organização do espaço e dos materiais, utilizando-os como recursos para o desenvolvimento dos diversos objetivos. Saber despertar o interesse da criança pelas atividades mais tradicionais, aplicando-as de modo a promover o seu desenvolvimento sócio-cultural.

Conteúdos programáticos
Estudo dos movimentos no ser humano: Atividade muscular estática e dinâmica Desenvolvimento Motor da Criança: Teorias e leis do Desenvolvimento Motor Movimentos do recém-nascido Evolução do Tónus Desenvolvimento da preensão Evolução da Locomoção Eixos Temáticos da Motricidade Infantil Conhecimento e consciência do corpo Conhecimento e domínio do espaço A Expressão Motora no Jardim de Infância: A Intervenção pedagógica ao nível da Motricidade Infantil Organização e planificação de atividades de acordo com o grupo etário e com os eixos temáticos da Motricidade Infantil O programa da Expressão e Educação Físico-Motora no 1 CEB: Caraterísticas do programa Composição Curricular Capacidades motoras (condicionais e coordenativas) O Espaço, a Criança e o Movimento A importância do espaço e o desenvolvimento das condutas motoras

Avaliação
Aulas teórico-práticas onde se utiliza a conjunção do método ativo e expositivo recorrendo a diversas estratégias nomeadamente: trabalhos em grupo, visitas a exposições, debates, análise de documentos, bem como a vivência prática de diversas experiências motoras. A avaliação resulta da apreciação de um trabalho teórico-prático em grupo (20%) e do desempenho em dois testes individuais escritos (80%). No trabalho teórico-prático em grupo será avaliada a planificação de situações de exercitação para o bebé; a aquisição de competências e conhecimento será avaliada em dois testes escritos individuais (1 teste - 30% e 2 teste - 50%).

Bibliografia
CRUZ, S.; CARVALHO, L.D. ; e outros, (1998). Manual de Educação física - 1 ciclo do Ensino Básico, Lisboa, Edição do Gabinete Coordenador do Desporto Escolar. ISBN 972-9145-88-1 DE MEUR, A., STAES, L., (1984). Psicomotricidade - Educação e Reeducação, Editora Manole LÉVY, J. (1972). A Ginástica do Bebé - A Educação Psicomotora desde o Nascimento aos Primeiros Passos, Publicações Europa-América GALLAHUE, D.; OZMUN, J. (2003). Compreendendo o Desenvolvimento Motor - Bebés, Crianzas, Adolescentes e Adultos, Phorte Editora, Ltda. ISBN 85-7655-016-4 NETO, C., (1997). Jogo e Desenvolvimento da Criança, Edição FMH. ISBN 972-735-044-5 NETO, C. A. F., (1995). Motricidade e Jogo na Infância, Rio de Janeiro, Editora Sprint. ISBN 85-85031-97-2 SPODEK, B.; SARACHO, O. (1998). Ensinando Crianças de Três a Oito Anos, Artmed. ISBN 85-7307-436-1 RIGAL, R. et al., (1979). Motricidad: aproximación psicofisiológica, Madrid, Editorial Augusto. ISBN 84-85514-07-06