Departamento de Formação de Professores

Licenciatura em Educação Básica (1ciclo)
5° Semestre Expressão Dramática e Movimento
Objetivos de aprendizagem
Compreender a importância do Jogo Simbólico e do Jogo Dramático para o incremento da criatividade e potenciar o seu desenvolvimento Identificar as várias componentes do processo interpretativo: corpo, voz, ação, expressão Criar textos dramáticos a partir de textos narrativos Adaptar textos narrativos à forma dramática Reconhecer várias técnicas de criar histórias ao nível do Pré-escolar e 1 2 ciclos do EB Produzir e utilizar recursos cinético-dramáticos Reconhecer as potencialidades do aparelho fonador e sabe utilizá-lo Conseguer fazer dramatizações e pequenos esquemas coreográficos Dominar e experimenta técnicas de manipulação inerentes aos recursos cinético-dramáticos

Conteúdos programáticos
A Expressão Dramática no processo educativo Do Jogo Simbólico ao Jogo Dramático Características e práticas do Jogo Simbólico Imitação, mímica, sincronia, observação e memória,no espaço,tempo e ação Recursos potenciadores de criatividade no desenvolvimento do Jogo Simbólico O Jogo Dramático e improvisação Improvisação e coreografia O Corpo Exercícios de confiança,relação individual, inter-relação Movimentos livres, condicionados e grupais A Voz Respiração diafragmática,expressiva e técnica vocal Técnicas de criar histórias Exercícios de expressividade individual/grupal em função de sentimentos e ideias Movimento/coreografia/cenografia/encenação Texto narrativo e texto dramático Função do narrador A caracterização das personagens e do espaço Sequências narrativas e a caracterização temporal Ação: núcleos e catálises Adaptação de um texto narrativo ao dramático Recursos cinético-dramáticos Teatro de objetos e animação de objetos;fantoches,silhuetas e máscaras

Avaliação
Aulas teórico-práticas onde se utiliza a conjunção do método ativo e expositivo recorrendo a diversas estratégias nomeadamente: trabalhos em grupo, visitas a exposições, debates, espetáculos, visualização e discussão de documentários, filmes e videogramas. Estratégias e recursos utilizados: Exposição, Debate, Análises de documentos, Trabalho individual, Simulação ,Trabalho em grupo ,Experimentações e Ensaios. A avaliação desta unidade curricular é contínua e resulta da ponderação aritmética dos trabalhos práticos individual. Os portfolios integrarão as pesquisas individuais dos estudantes assim como as suas reflexões críticas que acompanharão todo o processo da aprendizagem (17,5%+17,5%=35%) Os trabalhos de grupo consistirão (65% = 32.5%+32.5%) na adaptação de um texto narrativo a um texto dramático utilizando e elaborando para o efeito os recursos cinético-dramáticos necessários e de: um trabalho de grupo coreográfico.

Bibliografia
CHEVALIER, Jean; GEERBRANT, Alain, Dicionário dos simbólos Mitos, Sonhos, Costumes, Gestos, Formas, Figuras, Cores, Números, Lisboa, Ed. Teorema, 1977 HENRIQUES, A. Christófides, Jogar e Compreender, Lisboa, Instituto Piaget, 1996 LEENHARDT, Pierre, A Criança e a Expressão Dramática, Lisboa, Estampa, 1974 LEQUEUX, Paulette, A criança criadora de Espectáculos, Col. Educadores e Educandos, Lisboa, Família 2000, 1977 MONTAGNER, Hubert, A criança actor do seu desenvolvimento, Lisboa, Instituto Piaget, 1996. ISBN 972-771-034-4 RODARI, Gianni, Gramática da fantasia - Introdução à arte de contar histórias, Lisboa, Ed. Caminho, 1993 : ISBN 972-21-0846-8 SOUSA, A. B. (2003) A Educação pela Arte e as Artes na Educação, 2 volume, Horizontes Pedagógicos, Lisboa, Edições Piaget. ISBN:972-771-616-4 VIADEL, Ricardo (coord.), (2003), Didáctica de la Educación Artística, Madrid: Pearsons Prentice Hall, ISBN:84-205-3457-9