Departamento de Formação em Educação Social

Licenciatura em Educação Social
1° Semestre Pedagogia Social
Objetivos de aprendizagem
Na dimensão cognitiva (saber): - conhecer origens/fundamentos da Pedagogia Social como ciência e os seus domínios de ação - conhecer a origens/fundamentos da Educação Social como praxiologia do humano e os seus dilemas - conhecer e ter uma opinião relevante e crítica sobre os temas/problemas contemporâneos da Ped. Social e Ed. Social Na dimensão instrumental (saber-fazer): - estabelecer relações críticas de complementariedade/distinção entre a Ped. Social e a Ed. Social - ser capaz de projetar práticas de intervenção em Ed. Social com base científica na Ped. Social - comunicar os desafios que se colocam à construção da sua identidade profissional Na dimensão atitudinal (ser/estar): - participar ativamente e cooperar com pares na construção de um saber solidário - apresentar os trabalhos solicitados nos prazos previstos e com a qualidade esperada - manifestar, pelo diálogo e na ética das relações humanas, um quadro de valores compatível com o perfil profissional em construção

Conteúdos programáticos
1 - Educação, desenvolvimento humano e cidadania solidária: a educação e o trabalho social como fenómenos socioantropológicos correlacionados 2 - A construção da Pedagogia Social: origens e evolução histórica 3 - Pedagogia Social: objeto de estudo e métodos 4 - Especificidade epistemológica da Pedagogia Social como saber profissional matricial 5 - Problemáticas das sociedades contemporâneas e emergência da Educação Social 6 - Educação Social: estatuto antropológico, praxiologia e hermenêutica das situações-limite 7 - Educadores Sociais como profissionais da condição humana: uma identidade profissional em construção 8 - Pedagogia Social e Educação Social: interseções antropo-socio-educativas 9 - Domínios de ação e de investigação em Pedagogia Social 10 - Áreas de intervenção da Educação Social

Avaliação
ntende-se como fundamental o desenvolvimento de um processo de ensino/aprendizagem baseado na autonomia de pesquisa do(a) estudante, no trabalho cooperativo e no contato com a realidade socioeducativa. As metodologias ativas e diversificadas visam dotar o(a) estudante da capacidade de se apropriar de conceitos e analisar informação significativa, pessoalmente e em grupo. Para tal, realizará análise documental, participará em debates a partir de casos/temas propostos, dialogará criticamente a partir de problemáticas teórico-práticas suscitadas e testará os seus conhecimentos em momento avaliativo propriado, obtendo feedback. Avaliação e ponderação: Participação: qualidade das intervenções e realização do trabalho autónomo = 20% Prova escrita: avaliação de conhecimentos científicos, espírito crítico, correção do texto escrito e poder de síntese = 50% Apresentação oral em sala de aula de resumo de bibliografia indicada = 30%

Bibliografia
Coleção «Educação e Trabalho Social». Porto: Porto Editora (www.portoeditora.pt) Carvalho, Adalberto D.; Baptista, Isabel (2004). Educação Social, Fundamentos e estratégias. Porto: Porto Editora ISBN :972-0-34851-8. Carreras, Juan Sáez; Molina, José G. ( 2006). Pedagogia Social. Pensar la Educatión Social como profesión. Madrid: Alianza Editorial, S.A. ISBN: 84-206-4820-5 Fermoso, Paciano (1994). Pedagogía Social - Fundamentación Científica. Barcelona: Herder. ISBN 84-254-1864-X Petrus, António (coord.) (2007). Pedagogia Social. Barcelona: Editorial Ariel, S. A. ISBN 84-344-2609-9 Revista «Cadernos de Pedagogia Social». Universidade Católica do Porto. ISSN 1646-7280. (www.uceditora.ucp.pt) Revista «Pedagogía social. Revista interuniversitaria». ISSN: 1139-1723. (www.upo.es/revistas/index.php/pedagogia_social) Serrano, Glória Pérez (2004). Pedagogia Social, Educación Social. Construcción científica e intervención práctica, Madrid, Narcea, S. A. De Ediciones ISBN:84-277-1440-8