Departamento de Formação de Professores

Licenciatura em Educação Básica (1ciclo)
3° Semestre Investigação, Informática e Educação
Objetivos de aprendizagem
- Caracterizar a sociedade atual contextualizando público-alvo - Atribuir significado às observações realizadas contextualizando-as - Caracterizar a utilização das TIC na sociedade atual - Adequar as TIC a diferentes contextos - Saber procurar e selecionar informação - Utilizar critérios concretos de classificação da informação - Utilizar diferentes recursos digitais - Adequar recursos digitais - Tomar decisões de forma autónoma - Diferenciar instrumentos de recolha de dados - Adequar os instrumentos ao contexto - Apresentar dados em gráficos adequados - Fazer leitura dos dados - Tirar ilações dos dados recolhidos - Construir um projeto coerente dando resposta a uma problemática

Conteúdos programáticos
A Sociedade do Conhecimento/Informação Literacia informática: a realidade portuguesa A gestão da informação na web e o profissional de educação A utilização da tecnologia na construção de instrumentos de recolha de dados A folha de cálculo e o profissional investigador A Tecnologia na interação entre a escola e a comunidade educativa Apresentações profissionais em formatos digitais Os métodos e técnicas de Investigação disponíveis para o professor investigador O processo de recolha de dados no contexto das ciências da educação A análise e a interpretação dos dados recolhidos

Avaliação
Nas aulas teóricas são expostos os conceitos e teorias centrais necessários à UC. A par destas os estudantes são convidados à leitura parcial ou integral de textos considerados centrais e à sua discussão em aula, procedendo-se a uma síntese final feita pelos docentes. As aulas teórico-práticas são utilizadas para a apresentação da leitura crítica de textos fornecidos pelos docentes. Estes textos são posteriormente debatidos por toda a turma, cabendo ao docente a síntese final. Ao longo das aulas os estudantes desenvolvem trabalhos individuais acompanhados pelas docentes. O teste prevê a avaliação (40%) dos conteúdos teóricos centrais da unidade. O trabalho de grupo (50%) permite a mobilização e exercício desse conhecimento, numa perspetiva teórico-prática de avaliação, onde os estudantes deverão mobiliar os conhecimentos adquiridos e revelar competências de âmbito interpessoal. Os trabalhos de grupo são alvo de avaliações intermédias e de feedback. Assiduidade e participação- 10%

Bibliografia
BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari (1994), Investigação qualitativa em Educação. Uma introdução à teoria e aos métodos, Porto, Porto Editora 85-12-30370-0 CARDOSO, Gustavo (2005). A sociedade em rede em Portugal. Porto: Campo das Letras. 972-610-920-5 CASTELLS, Manuel (2004). A Galáxia internet: reflexões sobre Internet, Negócios e Sociedade. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. 972-31-1065-2 CORREIA, Secundino, CORREIA, Tiago (2007) Utilização Criativa das TIC. Coimbra: Cnotinfor [Documento electrónico] 978-972-8336-25-7 QUIVY, Raymond; CAMPENHOUDT, Luc (1988), Manual de Investigação em Ciências Sociais, 1 edição, Lisboa, Gradiva 972-662-275-1 TUCKMAN, Bruce W. (2000), Manual de Investigação em Educação, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian 972-31-0879-8