Departamento de Formação de Professores

Licenciatura em Educação Básica (1ciclo)
6° Semestre Intervenção Artística e Desenvolvimento de Projetos
Objetivos de aprendizagem
- Observar criticamente e conhecer os diferentes contextos de intervenção educativa - Mobilizar e rentabilizar os diversos recursos oriundos da comunidade, bem como as suas competências, histórias e vivências para a elaboração e avaliação de projetos de intervenção facilitadores do desenvolvimento de competências transversais - Valorizar a interdisciplinaridade como ferramenta aglutinadora e facilitadora da aquisição de saberes - Saber adaptar a intervenção às reais características da população dos diferentes contextos da intervenção, seja em contexto formal e não formal de ensino - Valorizar o processo de produção artística como meio facilitador da aquisição de competências transversais das populações dos diferentes contextos educativos - Desenvolver competências ao nível da elaboração, execução e avaliação de projetos no contexto da Educação Artística

Conteúdos programáticos
1. Os diferentes contextos educativos 1.1. Adaptação da intervenção a diferentes contextos educativos 1.2. Valorização das caraterísticas dos contextos educativos como base de uma intervenção educativa adequada 2. Competências específicas da Educação Artística 2.1. O papel da Educação Artística no desenvolvimento de competências individuais e grupais 2.2. Desenho, execução e avaliação de projetos de intervenção artística em diferentes contextos (serviços educativos; creches; hospitais; autarquias entre outros)

Avaliação
Através do debate, análise de documentos e estudos de caso, os estudantes serão capazes de desenvolver uma visão mais crítica e específica da realidade; serão, também, desafiados a elaborar projetos de intervenção, onde serão contemplados conceitos técnicos e teóricos da Educação Artística, em articulação com propostas práticas de intervenção. No contexto de uma intervenção prática (por exemplo no contexto do IPP IV), os estudantes deverão planificar atividades artísticas tendo em conta as características específicas de cada contexto da Intervenção, bem como perceber e avaliar a pertinência da sua ação face os resultados atingidos. Deverão ser capazes, através da reflexão constante, de ajustar a sua prática aos novos desafios que o grupo possa vir a manifestar. Deverão, por fim, apresentar um relatório reflexivo final do trabalho realizado e dos resultados conseguidos (desenho execução e avaliação do projeto) Reflexão individual escrita: 20% Trabalho de grupo: 80%

Bibliografia
Banford, Anne (2007). Conferência Nacional de Educação Artística. Porto: Casa da Música. Acedido a 6 de setembro de 2014, disponível online em: http://www.educacaoartistica.gov.pt/interven%C3%A7%C3%B5es/Confer%C3%AAncia%20Anne%20Bamford,%20Portugues. Conferência Mundial de Educação Artística (2006). Roteiro para a Educação Artística. Desenvolver as Capacidade Criativas para o Século XXI. - Acedido a 6 de setembro 2014, disponível online em: http://www.educacao-artistica.gov.pt/documentos/Roteiro Delors, Jacques et al. (1996). EDUCAÇÃO UM TESOURO A DESCOBRIR- Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. Acedido a 6 de setembro de 2014, disponível online em: http://ns1.dhnet.org.br/dados/relatorios/a_pdf/r_unesco_educ_tesouro_descobrir.pdf President's Committee on Arts and the Humanities, Reinvesting Arts Education, Winning America's Future Through Creative Schools, Washington DC, May 2011http://www.pcah.gov/publications, acedido em junho 2014